Ladeira íngreme (declive íngreme)


(Veja Ascent)

Deixe um comentário Cancelar resposta

O seu email não será publicado.

*

7 sonhos - “Ladeira íngreme (declive íngreme)

  1. Sonhei que estava arrumando gavetas da cozinha, tirava muitas vasilhas jogava tudo no chão. Depois abria outras e encontrava comida já cozidas. Grata

  2. Sonhei que viajei para o Japão, lá chegando pegamos um carro e subimos em um prédio até o topo.
    Depois, procuramos por uma pessoa onde tivemos que subir uma ponte pra chegar até uma espécie de apartamento, onde um japonês começou a atirar atrás de nós. Ele não conseguiu nos atingir, pensamos que tivesse caído, mas depois o encontramos dormindo em seu apto, e ficamos sabendo que era um homem doente e solitário.
    Falei brava no sonho que nunca mais queria voltar ao Japão!
    Logo depois sonhei que estava na casa de uma prima, numa festa e estava separando um pedaço de um bolo bem branco que iria levar para minha casa. Minha tia pegou do meu bolo, fazendo o pedaço ficar menor. Daí eu tirei uma parte de outro pedaço e completei o que estava faltando.
    Nesse sonho estava minha mãe falecida e eu estava com pressa de embora pois tinha unha marcada. Ela disse que não iria e que pra mim ir de carona com alguém…

  3. Sonhei que eu estava usando um vestido de noiva e que estava organizando uma festa mas não havia noivo nenhum. Eu corria para abraçar uma amiga e ficava olhando um arranjo de flores (alamandas amarelas) agitadas pelo vento. Depois sonhei que eu estava ouvindo uma música instrumental enquanto procurava algo dentro do quarto e ao retirar o armário de um canto o móvel tombara para frente. Eu gritei o meu pai para que viesse me ajudar. O meu pai olhava em silêncio. Então o homem que tocava a música na varanda se aproximou de mim e me perguntou o que eu estava procurando. Eu baixei as vistas e olhando um pedaço de papel que eu segurava respondi que já havia encontrado.

  4. Uma pessoa que sou apaixonado tinha ido a um local bem pequeno da ladeira, que era bem ingrime, e tinha vários carros passando por ela e descendo e com medo de algum carro acerta-la, dei minha mão pra ela segurar, ela segurou e a puxei pro meu lado, quando parou do meu lado ela soltou.

  5. Sonhei que estava descendo uma escada parecia de um prédio muito fechada. Descia com muita dificuldade e aperto nos espaços. Meu medo era muito e um homem estendeu a mão uma hora pra eu segurar até achar o degrau mais em baixo.
    Sonhei em seguida que eu estava de frente pra uma rua muito íngreme e que quando fui descer segurei nas plantas na calçada ao lado fui escorregando e grudando nessas plantas até em baixo. Onde haviam 2 bueiros puxando muita água da chuva. Eu tive muito medo. Eu tinha só esse caminho pra chegar na igreja. E no caminho encontrei roupa da minha filha em cima de um banco com sapatinhos de barões e alguns brinquedinhos como se ela voltasse a ser criança.
    Em seguida me vi num terreno aberto onde 2 cobras apareceram e tentavam me picar vinham pra cima de mim mais não conseguiram. Uma vermelha e preto e branca outra esverdeada

  6. Sonhei que estava subindo uma rampa muito engrime , eu subia com muita dificuldade, e pra subir eu usava um corrimão enrolado com arame farpado e eu tinha que desviar dos espinhos do arame pra não furar as mãos.

  7. Sonhei que um amigo me convidou para ir visitar a nova casa dele, ao chegarmos la fiquei surpresa por a casa estar muito suja e bagunçada, então ele teve que sair e fiquei arrumando a casa para ele, em seguida eu ja estava no inicio de uma ladeira, não queria subir pois era muito alta e estava com meu filho no colo, então uma mulher desconhecida falou que ia me levaria ate la em cima de bicicleta,eu neguei mas ela insistiu, e subiu pedalando a bicicleta levando eu e meu filho junto, chegando la em cima encontrei um lugar lindo, como um paraíso, entao cordei nessa parte.